15 de agosto de 2010

Todo dia 22...

Ahhh, é tão bom quando a gente tá namorando e vão se passando os meses, e você conhece mais a pessoa, e o amor cresce, e lá vem aniversário de namoro e bla bla bla.
Bom, tenho 16 anos e já tive um relacionamento que durou 1 ano e mais ou menos 6 meses.
No começo, ahhh, era mil maravilhas, tudo dando certo, aquela paixão avalassadora, sonhos construídos, mas tudo isso de uma hora para outra acabou, e uma onda enorme de tristeza invadiu meu peito, fez um estrago sem igual e a ferida ficou aberta.
Nesse período, eu estava sem ir à igreja, minha fé estava diminuindo, e chorava muito. Pensei em fazer milhões de coisas pra ter meu ex de volta, e se não desse certo, iria dar um fim a mim mesma.
Os dias passavam, e se aproximava todo dia 22 de cada mês.
No primeiro mês foi horrível, um desastre, dizia ter-lo esquecido, mas no fundo no fundo eu sentia que não, era só qualquer lembrança que eu me desatava a chorar.
Então teve um dia que cansei de tudo, e disse: Deus não e bom? Ele não nos ajuda? Ele já não me ajudou? Já passei por coisas piores e Ele estendeu suas mãos para mim.
Então dobrei meus joelhos e comecei a orar, e pedi para Deus me ajudar a esquecer o meu ex.
Não, não foi um trabalho fácil, até porque com as coisas de Deus temos que ter paciência. A mesma coisa seria se você plantasse uma semente. Você teria que regá-la, cuidar da semente e depois ela iria crescer e dar frutos, e com Deus as coisas são assim. Esquecer o ex foi difícil? Sim, e muito, mas Deus me ajudou.
Hoje passo ao lado dele e sinto um carinho por ele, mesmo ele não querendo mais falar comigo, e sinto um pena também porque ele se afastou de Cristo.
Você deve estar se perguntando se ele falou mal de mim. Sim. E muito. " Mas Jennifer, ele falou mal de você e você sente um carinho por ele, você tá louca? "
Não, estou com pura consciência, e outra, se ficasse com cara virada iria me igualar a ele, e não sou igual a ele, sou superior (não estou querendo ser melhor que ninguém), e a bíblia diz para amarmos o nosso próximo como à nós mesmos.
Depois de tudo o que vivi e passei, eu percebi uma coisa: um relacionamento precípitado NUNCA dará certo, terá tudo para ser um fracasso.
Na segunda feira dia 02/08 eu estava no ponto de ônibus e pensei: nossa, a gente ia fazer dois anos. Que bom que tudo isso acabou.
Se fosse antes, eu iria choraaaar e choraaaar.
O que vou fazer de hoje em diante? Bom, para ser sincera, pretendo continuar assim, solteira, com mais tempo para mim e para Deus, mas são os MEUS planos, não os de Deus, e os planos de Deus são maiores e mais altos que os nossos.
Pretendo continuar assim, mas já pedi para Deus me reservar um varão.
Se não vier agora, tudo bem, eu espero, e não há tanta necessidade, mas se Deus mandar, será um presente muito bem recebido. (:

Nenhum comentário: